Home > Notícias > Canoas: pauta de reivindicações para a FMSC é aprovada

20/04/2017 - Canoas: pauta de reivindicações para a FMSC é aprovada

Em assembleia que durou mais de duas horas, cerca de 50 trabalhadores da Fundação Municipal de Saúde de Canoas (FMSC) aprovaram, com algumas modificações, a pauta de reivindicações construída pelos diretores, delegados sindicais do Sindisaúde-RS e seu departamento jurídico. O presidente do sindicato, Arlindo Ritter, e o secretário-geral, Julio Jesien, fizeram-se presentes.

O secretário-geral, Julio Jesien, comandou os trabalhos; junto a ele, o presidente, Arlindo Ritter, o assessor jurídico, e as delegadas e delegado sindicais

A pauta que será colocada em negociação com a patronal pede, dentre outros itens, o reajuste do vale-alimentação, que é hoje de R$ 424, ao valor de duas cestas básicas do DIEESE, o que gira em torno de R$ 970. Outro item destacado pelos delegados que elaboraram o documento é a criação de uma comissão paritária para deliberar sobre as premiações PIV/PROQUALI.

Os trabalhadores presentes, além de tirar suas dúvidas, sugeriram algumas alterações. As principais sugestões aprovadas foram sobre a porcentagem da hora-extra, cujo pedido será de que passem a 120%, e a criação de uma equipe volante, requisição antiga dos funcionários. Ao final da assembleia, a pauta foi aprovada por unanimidade, e os servidores permaneceram cerca de meia hora sanando dúvidas particulares com o departamento jurídico e com os representantes do Sindisaúde-RS presentes à reunião.

Horas extras pagas pela metade

Os presentes levantaram, em suas falas, problemas que têm ocorrido no que diz respeito ao pagamento das horas-extras - segundo eles, muitas vezes pagas apenas em 50% do valor que caberia. Além disso, também relataram que têm recebido incitações de suas chefias para que trabalhem na campanha de vacinação sob convite. "Ora, querem que eu fique me martirizando por não ter ajudado na vacinação a ponto de eu aceitar trabalhar sem receber?", comentou uma das trabalhadoras presentes. O Sindisaúde-RS adverte que estará em cima das situações relatadas e, caso perdurem, tomará as providências cabíveis.

Presentes à assembleia

Além dos diretores Ritter e Jesien, também estiveram presentes o representante jurídico do sindicato, Saulo Oliveira do Nascimento, e os delegados sindicais da FMSC: João André Chagas da Silva, Viviane Oliveira de Brito, Michelle Middendorf Nunes, Vanessa Aquino Flores Marques, Denise Lima da Silva e Nathalia Raugust.