Home > Notícias > AUXÍLIO COVID - Entra em vigor indenização articulada pelo Sindisaúde-RS!

27/03/2021 - AUXÍLIO COVID - Entra em vigor indenização articulada pelo Sindisaúde-RS!


Compartilhe nas suas redes sociais!


Stéfano Mariotto de Moura - Coordenador de Comunicação

O Sindisaúde-RS informa que, finalmente, virou lei a indenização a indenização a familiares de trabalhadoras (es) da saúde vítimas da Covid-19. A lei nasceu como um projeto articulado pelo sindicato junto à parlamentar Fernanda Melcchiona (PSOL), e agora atingirá trabalhadoras (es) em todo o território nacional. O deputado federal Reginaldo Lopes, do PT, também assina o projeto de lei.

 

O Sindisaúde-RS faz política por você, trabalhador (a): a indenização a familiares de profissionais da saúde vítimas da Covid é fruto de uma articulação do sindicato junto ao Congresso Nacional!

Bolsonaro havia vetado o projeto

O Sindisaúde-RS considera que um de seus papéis principais, enquanto entidade de classe, é a formação política. Por isso, fique atento: o projeto de lei havia sido aprovado, na metade de 2020, pelas duas casas do Congresso: Câmara de Deputados e Senado Federal. Ou seja, foi articulado por parlamentares de esquerda, mas foi aprovado por políticos tanto da direita quanto da esquerda. O projeto demorou para virar lei por um único motivo: a caneta do presidente Jair Bolsonaro, que vetou o projeto aprovado pelo Congresso.

Negou milhões para profissionais da saúde, mas entregou bilhões aos militares!

Detalhe: o presidente, na época, havia vetado esse projeto, benéfico aos trabalhadores da saúde, sendo que custaria aos cofres públicos cerca de R$ 50.000.000 (clique aqui e entenda).

Em comparação, Bolsonaro aprovou um penduricalho favorável aos amiguinhos militares que entregará a eles R$ 26.500.000.000 em dez anos (R$ 1,3 bilhão só em 2020!). Mesmo considerando o número de profissionais da saúde falecidos agora, em março de 2021, a indenização impacta em torno de apenas R$ 250.000.000 (desconsiderando efeitos previdenciários e trabalhistas que, mesmo assim, oneram percentualmente muito menos do que os bilhões entregues aos militares).

Conheça a lei na íntegra

Clique aqui para acessar a lei!

Sindisaúde-RS faz política por você, trabalhador (a)!