Home > Notícias > RAIO-X MÓVEL - Periculosidade será julgada dia 1º de agosto em Brasília

04/07/2019 - RAIO-X MÓVEL - Periculosidade será julgada dia 1º de agosto em Brasília


Compartilhe nas suas redes sociais!


Tiago Coutinho - Estagiário Comunicação

O Sindisaúde-RS, por meio do seu escritório Paese, Ferreira & Advogados Associados, está lutando no Tribunal Superior do Trabalho - TST, em Brasília, para que todos os trabalhadores brasileiros que operam aparelhos de raio-x móvel recebam o adicional de periculosidade. O processo já tem data para julgamento na esfera federal: 1º de agosto de 2019, às 9h30min, na sede do tribunal, em Brasília.

Atualmente, o direito é pago apenas a uma minoria de trabalhadores. Se a decisão for favorável, será parâmetro para todas as demais que envolvam esse tema. Ou seja: qualquer trabalhador ou entidade de classe poderá requerer esse direito.

Sentado à direita na foto, o advogado Renato Paese, do escritório Paese & Ferreira, que representa o Sindisaúde-RS no processo (crédito da foto: Assessoria Paese & Ferreira)

Relembre o caso

Em março de 2018, uma audiência pública sobre a questão havia sido realizada no TST, com a presença do advogado Renato Paese representando o Sindisaúde-RS e o Sergs. Já em 8 de novembro do mesmo ano, o relator encerrou a instrução e determinou o envio dos autos ao Ministério Público do Trabalho. Retornados estes autos, o processo será então julgado neste 1º de agosto.