Home > Notícias > TRAMANDAÍ - TRT-4 dá prazo para gestão apresentar proposta de Acordo Coletivo

05/02/2019 - TRAMANDAÍ - TRT-4 dá prazo para gestão apresentar proposta de Acordo Coletivo


Compartilhe nas suas redes sociais!


Em mediação ocorrida no TRT-4 na manhã de hoje (05), com a presença do Sindisaúde-RS, gestores do Hospital Tramandaí e Procuradoras do Estado do Rio Grande do Sul, foi estabelecido que uma proposta de Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) deverá ser apresentada pela Fundação de Saúde de Sapucaia do Sul até o dia 15 de março às entidades de classe.

Com isso, os trabalhadores finalmente terão a possibilidade de um acordo que coloque seus direitos e deveres na letra da lei, evitando abusos dos patrões, como, por exemplo, os últimos 4 anos sem reajuste salarial. “Nossa luta já obteve vitória parcial. Agora, queremos a garantia do pagamento em dia e a negociação do ACT, conforme prometido. Temos que persistir na luta”, disse Arlindo Ritter, presidente do sindicato.

O presidente Arlindo Ritter e o vice, Julio Appel, representaram o Sindisaúde-RS na mediação

Salários

A gestão sinalizou também que pagará os salários até quinta-feira (07). Do contrário, os trabalhadores poderão definir, em assembleia marcada para esta sexta-feira (08), pelo começo de uma paralisação no hospital.

Secretária de Estado não comparece

A Secretária da Saúde do Estado Arita Bergmann, convidada pela desembargadora Vânia Cunha Mattos a comparecer nesta audiência de mediação, não se fez presente. Ela encaminhou em seu lugar as procuradoras Andrea Drzewinski e Aline Paulitsch.

Nova audiência no TRT-4

Marcada para o dia 25 de fevereiro.

Trabalhadores na luta com o Sindisaúde-RS

Relembre

Os trabalhadores de Tramandaí estão com os salários defasados a 4 anos e a gestão se nega a negociar um ACT com o sindicato. Por esta razão, os trabalhadores procuraram o Sindisaúde-RS, que organizou um ato de luta na sexta-feira (01), alertando a população de Tramandaí sobre a situação do hospital. Já nas primeiras horas de ato, os administradores anunciaram que o 13º, que também estava atrasado, estava na conta, e sinalizaram que iriam propor um ACT até o dia 15 de março, além dos salários em dia até esta sexta (08).


Publicado por: Comunicação Sindicato