Home > Notícias > GHC – Em assembleia geral, trabalhadores do GHC oficializam pauta de reivindicações

08/08/2018 - GHC – Em assembleia geral, trabalhadores do GHC oficializam pauta de reivindicações

Servidores do GHC lotaram assembleia geral

Os trabalhadores do Grupo Hospital Conceição (GHC) mostraram sua força de mobilização e lotaram o auditório da Associação dos Servidores do Grupo Hospitalar Conceição (ASERGHC) na primeira assembleia geral para debater, definir e votar os rumos das negociações da categoria para o acordo coletivo, que deveriam ter sido retomadas pela patronal em abril de 2018, fato que não ocorreu pela direção do GHC em relação a Mesa Permanente, mesmo sendo noticiada pelos sindicatos. Paralelo a isso, já está marcada uma mediação Tribunal Regional do Trabalho (TRT4) para o dia 16 de agosto, tendo em vista o silêncio da gestão.

O presidente do Sindisaúde-RS, Arlindo Ritter, participou da assembleia, e em sua fala citou a luta dos trabalhadores do Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (IMESF) que com muita luta enfrentaram o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, evitando cortes e conquistando mais direitos. “Não podemos retroceder e permitir a patronal nos tire ainda mais como vem apontando, e isso só se faz com luta unificada como ocorreu na Capital”, afirmou. Além do Sindisaúde-RS, estiveram presentes representantes do Simers, Sergs, Sindifars, Sindaergs, Sinurgs, Sinttargs, Sinditest-RS.

Presidente do Sindisaúde-RS, Arlindo Ritter, lembrou luta dos servidores do IMESF em Porto Alegre

 

Os representantes sindicais e os trabalhadores tiveram a oportunidade de se manifestar, e voltaram a reforçar a necessidade de se lutar por um plano de saúde para as categorias, além de defenderem a isonomia no vale-alimentação em relação ao Hospital de Clínicas, que é de R$ 494,94. Também ficaram definidas na assembleia como reivindicações prioritárias para a pauta de lutas, a retomada das férias-prêmio e da licença capacitação.

O presidente da Aserghc, Valmor Guedes, que conduziu a assembleia, reforçou a importância da mobilização dos trabalhadores também no dia 16 de agosto, durante a mediação no TRT4, e já está colocando transporte à disposição da categoria. Uma nova assembleia já está marcada para o dia 28 de agosto.

Trabalhadores querem isonomia no Vale-Alimentação em relação ao Clínicas

No final da assembleia, trabalhadores deram as mãos, em demonstração de união das categorias