Home > Notícias > TRAMANDAÍ - Luta garante pagamento dos salários e 13º

11/02/2019 - TRAMANDAÍ - Luta garante pagamento dos salários e 13º


Compartilhe nas suas redes sociais!


Foi apenas com a forte pressão exercida pelos trabalhadores em conjunt com o Sindisaúde-RS que a gestão do Hospital Tramandaí sucumbiu. Os patrões enfim pagaram os salários da categoria, atendendo ao prazo estipulado em audiência de mediação no TRT-4. Além disso, o 13º já havia sido quitado no 1º dia de luta na cidade. É por lutas como essa em Tramandaí, bem como os exemplos de Canoas, Osório e do Imesf, que o sindicato sempre lembra aos trabalhadores: é apenas com mobilização, muita luta e confiança no sindicato que se constrói consciência de classe e uma categoria forte para os enfrentamentos necessários com os patrões.

Diante do cumprimento parcial das obrigações assumidas pela administração do hopital (13º e salarios atrasados), o sindicato realizou assembleia na sexta-feira (08), para esclarecer a categoria os próximos passos do movimento que tem como objetivo negociar um Acordo Coletivo de Trabalho com a gestão do Hospital Tramandaí. O hospital se comprometeu a apresentar uma proposta de ACT até o dia 15 de março.

O diretor Julio Duarte (da esq. para a dir.), o advogado Sílvio Boff e o presidente do Sindisaúde-RS, Arlindo Ritter, explicaram a situação aos trabalhadores em assembleia do dia 08 (crédito da foto: Julio Duarte arquivo pessoal)

“Já obtivemos vitória parcial. Agora, queremos a garantia do pagamento em dia e a negociação do ACT, conforme prometido. Temos que persistir na luta”, disse Arlindo Ritter, presidente do sindicato

Nova audiência no TRT-4

Marcada para o dia 25 de fevereiro, com objetivo de discutir andamento das negociações.

Relembre

Os trabalhadores de Tramandaí estão com os salários defasados a 4 anos e a gestão se nega a negociar um ACT com o sindicato. Por esta razão, os trabalhadores procuraram o Sindisaúde-RS, que organizou um ato de luta na sexta-feira (01), alertando a população de Tramandaí sobre a situação do hospital. Já nas primeiras horas de ato, os administradores anunciaram que o 13º, que também estava atrasado, estava na conta, e sinalizaram que iriam propor um ACT até o dia 15 de março, além dos salários em dia até esta sexta (08).


Publicado por: Comunicação Sindicato